Ano Bissexto

Postado em 06/10/2021

Ano Bissexto

Ano bissexto é aquele que possui um dia a mais que os anos normais. Tal diferenciação foi criada em 238 a.C. no Egito, mais especificamente em Alexandria quando acrescentaram um dia a mais no calendário, mas somente foi adotado em 45 a.C., em Roma, através do imperador Júlio César. O objetivo da criação do ano bissexto é alinhar o calendário atualmente utilizado com o ano solar, ou seja, com o movimento de translação, onde a Terra gira em torno do Sol.

Enquanto o calendário atual se finda em 365 dias, o calendário solar termina em 365 dias e 6 horas, o que faz com que haja um desarranjo que necessita de adaptação para funcionar em harmonia. Dessa forma, a cada quatro anos o mês de fevereiro ganha um dia a mais para compensar tal desarranjo.

Para calcular os anos bissextos, utilizam-se tais regras:

- A cada quatro anos há um ano bissexto.

- São bissextos todos os anos múltiplos de 400.

- Não são bissextos os anos múltiplos de 100.

Tais regras básicas determinam que a cada 400 anos existam 97 anos bissextos, porém, apesar de tantas modificações ao longo do tempo ainda existem outros problemas, pois o período que a Terra demora para realizar o movimento de translação pode variar, o que permite pequenas alterações, como por exemplo em 1972, quando o setor responsável pelo estudo do tempo acrescentou um segundo no último dia do ano.

Curiosidade: O termo bissexto foi empregado por causa do acréscimo de um dia no ano, tornando-o com 366 dias, como são dois seis, originou-se o termo bissexto (dois seis).

Outras Notícias

 

Como interpretar os desenhos das crianças
Postado em 05/08/2022

O desenho pode ser, na infância, um canal de comunicação da criança e seu mundo exterior

Segundo os psicólogos da Unidade de Desenvolvimento Psicológico e Educativo de San Salvador, por ética, só uma pessoa especializada, como algun...
leia mais »

Teimosia: o que fazer quando seu filho só diz não
Postado em 29/07/2022

Seu filho está fascinado com a palavra "não"? Ele provavelmente acabou de descobrir que tem vontades e desejos e quer exercitar isso, explica Susanne Denham, professora da Universidade George Mason (EUA) e autora do livro "Emotional Development in Young Children"...
leia mais »

Os pais e a escola - Um futuro melhor
Postado em 22/07/2022

Pesquisa revela que famílias de alunos de escolas públicas esperam encontrar professores e diretores eficientes, e computadores para garantir um bom trabalho para os filhos e menos violência.

 

Uma parceria estreita entre família e escola &eacut...
leia mais »